Postagens

O problema na educação de São Paulo não é pedagógico, mas sim estrutural.

Ao pesquisar as situações e como o governo vem tratando a educação, percebi que o problema na educação está em sua estrutura, se tornou algo extremamente grande, com várias estruturas de organização, de difícil fiscalização. ASecretaria da Educação do Estado de São Paulo possui a maior rede de ensino do Brasil, com 5,3 mil escolas, 230 mil professores, 59 mil servidores e mais de quatro milhões de alunos. Com orçamento previsto de R$ 62 bilhões para o ano de 2017. Um orçamento somente em educação muito maior do que o orçamento de muitos países emergentes. Ao estudarmos a estrutura da secretaria da educação, podemos perceber que a sua estrutura está sendo usada para ocupação de cargos de confiança e facilidades para corrupção, somente em apostilas o estado tem um custo de 80 milhões por ano. As diretorias de ensino de todo o estado de São Paulo tem 90 diretorias de ensino, e algumas delas possuem o dobro de funcionários do que outras, algumas chegam a ter mais de 150 funcionários traba…

A ignorância dos jovens negros na atualidade!

A ignorância dos jovens na sociedade atual me assusta muito, por que a sociedade está os educando para isso. Principalmente por que os jovens acham que eles têm direitos e oportunidades iguais diante dos problemas sociais. A falta de educação escolar e social os torna vítima de pessoas que estão na elite, por que os jovens acabam pensando como os opressores. Como diz um velho ditado “O sonho de todo oprimido e se tornar opressor”. Sou professor de sociologia, e estou percebendo que ultimamente os nossos alunos da escola pública não estão compreendendo as desigualdades sociais entre os brancos e negros na sociedade, sei que como negros e cidadãos, lutamos para que todos sejamos tratados iguais, mas a educação está enganando os nossos jovens negros, pensando que eles vão ter as mesmas oportunidades que um branco, as oportunidades de um jovem pobre negro é muito diferente das oportunidades de um jovem pobre branco. Fiquei abismado e revoltado quando li a reportagem do novo vereador eleit…

A FALTA DE FÉ!

Tenho inveja de quem tem “fé”, muito mais do que uma palavra, é um conceito de vida que dá a algumas pessoas uma direção, um sentido, que apesar de vivermos em sociedade, temos vários conceitos de fé, a maioria das pessoas são medrosas, assim como eu, minha racionalização de me auto proteger, me faz desconfiar, não acreditar, sempre estar com um pé atrás de tudo e de todos. Mas o que seria realmente fé? A partir da pesquisa no dicionário de português: ·Crença; convicção intensa e persistente em algo abstrato que, para a pessoa que acredita, se torna verdade.·Religião; maneira através da qual são organizadas as crenças religiosas. Crédito; excesso de confiança depositado em: uma pessoa merecedora de fé.·Afirmação; comprovação de uma situação: sua opinião demonstrava sua fé.As pessoas que foram educadas a ter fé, acabam por ser pessoas com mais valores éticos, limites ao qual precisamos para viver em sociedade, mas essa fé também dá algo em troca, dá uma liberdade de arriscar e lutar po…

Donald Trump e a Sindrome de John Waine

Infelizmente estava certo sobre a minha previsão das eleições dos EUA, com a vitória do Presidente Donald Trump. A minha previsão estava mais na análise histórica cultural americana, como o pais mais rico e poderoso do mundo, e com grande apelo à síndrome de Jonh Waine e a ideia de defesa de seus valores mais fragilizados com as mudanças do mundo globalizado. Muitos estados americanos estão passando por problemas de emprego em sua população mais jovem, principalmente por que muitas empresas americanas transferiram sua produção para a china, tirando emprego de americanos. Mesmo que os produtos cheguem mais baratos no mercado americano, não significa nada para uma população que não tem emprego, para muitos é melhor ter um produto caro, mas ter um emprego que possa pagar, do que ter um produto barato e não tem condições de comprar por que está desempregado. Não que o americano seja machista, mas que na visão americana, uma mulher não tem condições de se tornar a pessoa mais poderosa do m…

Projeto de Sociologia das alunas da EE Ernesto Monte - Bauru

Imagem
Venho através desta parabenizar as minhas alunas que superaram as expectativas do trabalho em grupo ao qual foram incumbidas de realizar. O projeto era para que elas fizessem um relatório sobre os problemas sociais que afligem a escola, após o relatório fizessem um filme de 3 minutos e elas conseguiram fazer um trabalho extenso de 35 minutos contando uma historia, e elas relataram de uma forma cinematográfica, tão lindamente e emocionante os problemas que afligem muitos alunos nas escolas de todos o Brasil.
Estou muito feliz e honrado por ter sido o professor orientador, mas o trabalho e o conteúdo intelectual são inteiramente deles.
Parabéns!
Segue abaixo o vídeo postado no youtube como "Alem dos olhares"

O POBRE NÃO GOSTA DE SE CONSIDERAR POBRE!

A riqueza e a pobreza não vêm da quantidade de dinheiro que possui, mas sim se você ganha dinheiro através da sua força de trabalho ou da exploração da força de trabalho. “Prof. Cesar A Santos”

     Uns dos grandes problemas da sociedade atual, é que as pessoas não mais querem se reconhecer como pobres, como se isso fosse algo ofensivo, a mídia criou o senso comum de que somos culpados de sermos pobres, e a exploração que sofremos socialmente não existisse. Estatisticamente, no Brasil, apenas 5% da população é considerada rica, o restante tem que vender a sua força de trabalho para sobrevivermos, é claro que existem trabalhadores muito bem remunerados perante a grande maioria de profissionais maus remunerados, mas ainda assim são pessoas pobres que tem que vender a sua força de trabalho para sobreviver.     O que temos que entender que vivemos em uma sociedade complexa, ao qual dependemos de dinheiro para sobreviver, pois não produzimos os nossos meios de sobrevivência, temos que pagar…

Adquirir, reter e utilizar

Na educação, a maior dificuldade dos pais e alunos e compreender que existe um processo na educação, toda a educação tem um começo, meio e fim. Não que o fim signifique que já possua todo o conhecimento, mas teve um fim de um processo, que poderá iniciar um outro, que significa criar e utilizar o novo.Adquirir o conhecimento é a parte mais fácil, a partir dessa fase que se torna mais difícil, a retenção do conhecimento, que depende muito do interesse do aluno em reter o conhecimento, que ele possa compreender esse conhecimento e englobar aos outros já retidos. Por que reter o conhecimento se torna difícil? Simplesmente por que o aluno tem uma grande porção de conhecimentos que deve adquirir na escola de todas as matérias, e ele não consegue reter todo esse conhecimento, e o aluno acaba priorizando algumas matérias que a sociedade considera mais importante como português e matemática, ou alguma matéria que ele tenha mais simpatia ou facilidade. Por isso muitos autores escrevem e trabal…